“Ai, ai! Ai, ai! Vou chegar atrasado demais!” quem nunca se identificou com essa fala do Coelho Branco, personagem do livro Alice no País das Maravilhas? Em certas ocasiões, o tempo parece ser inimigo.

Mas, foi justamente pela necessidade do homem em controlar o tempo que o relógio surgiu. E, embora o modelo de bolso usado pelo Coelho Branco pareça ser bastante antigo, existiram outros muitos tipos de relógios antes da criação deste.

Acompanhe o texto abaixo e descubra como o relógio surgiu na vida do homem, alguns dos modelos já inventados e as maravilhas da história do relógio. 

Relógio de Sol

Acredita-se que o primeiro relógio criado foi o relógio de sol. Sem precisar de nenhum tipo de bateria ou corda, o mecanismo era basicamente uma haste fincada ao chão com uma escala circular, geralmente desenhada no chão. A passagem de tempo era indicada conforme a projeção da luz solar.

Parece simples, mas para funcionar corretamente, era preciso que ele fosse alinhado ao eixo de rotação da Terra e apontado para o Norte verdadeiro. Isso em uma época bastante remota, a Antiguidade.

Os registros arqueológicos indicam que os relógios de sol mais antigos eram usados por astrônomos do Egito Antigo e da Babilônia, em 3500 a.C e 1500 a.C. respectivamente.

Ampulhetas

Também conhecida por relógio de areia, a ampulheta foi criada em 600 a.C. Possui dois recipientes interligados e uma certa quantidade de areia dentro deles. O tempo da passagem do pó de um lado para o outro é o mesmo, desse modo era feito a contagem de tempo do relógio.

O problema dessa invenção é que quando toda a areia passa para o outro recipiente, é preciso virar a ampulheta imediatamente para não perder a contagem. E muita gente acabava esquecendo. Além disso, elas marcavam apenas pequenos períodos de tempo.

Relógios mecânicos

Com o passar dos séculos essa ciência começou a prosperar e outros modelos de relógios foram criados. Vários fatores estimularam esse desenvolvimento, principalmente a busca por mais precisão.

Surgiu então, no século XIII, o relógio mecânico. Os primeiros só possuíam os ponteiros das horas e soavam em intervalos regulares. Alguns chegavam a pesar 200 quilos e quando eram bem regulados, a margem de erro era de meia hora por dia.

Relógio de Bolso

O relógio de bolso, aquele do Coelho Branco, teve seu primeiro modelo criado por volta de 1500 por Peter Henlein, na cidade alemã Nuremberg. Todo feito em ferro, tinha formato de ovo, com corda de 40 horas e um mecanismo muito complexo. 

Ele foi o precursor dos relógios portáteis, onde a marcação do tempo começava a ficar mais individual e prática.

Relógio de Pêndulo

A descoberta de Galileu sobre o isocronismo do pêndulo, ou seja, a frequência constante deste independentemente de sua amplitude, foi a base para a criação do relógio de pêndulo.

Inventado por Christiaan Huygens em 1656, na Holanda, esse modelo calcula o tempo com base no “tic tac” feito pelo pêndulo ao oscilar de um lado para o outro e possui um mecanismo bastante engenhoso e preciso, o que diminuiu os atrasos de vários minutos em apenas segundos. A partir disso, os ponteiros de minutos passaram a ser peça essencial.

Relógio de pulso

O relógio de pulso inventado no fim do século XIX por Patek Philippe, trouxe o relógio para mais próximo do homem. No início era raro e considerado um símbolo de riqueza, uma joia e uma obra de arte. Depois começou a se popularizar, tornando-se bastante habitual principalmente por sua praticidade e precisão, podendo ser também uma peça que alie moda e praticidade.

Na década de 1970 foi criado o primeiro modelo a quartzo com visor digital e luz LED, mais tarde surgiu o visor de LCD. Alguns ainda passaram a incorporar outras ferramentas, como calendário, bússola e cronômetro e até calculadora. Tudo isso em um pequeno aparelho usado no pulso.

Hoje, há infinidade de modelos, cores e formas. E a história do relógio não para por aqui, novas tecnologias estão chegando, trazendo ainda mais funcionalidades e praticidades. Não é à toa que o relógio se transformou em item indispensável para muitas pessoas.

E você, qual o seu modelo de relógio preferido? Conte para a gente!